Archive for outubro \31\UTC 2015

Penso, logo existo – Paul Beatriz Preciado

outubro 31, 2015

Territórios de Filosofia

“Pienso, luego existo” faz parte de um conjunto de entrevistas realizadas pela emissora RTV.E que dialoga com intelectuais e filósof@s da contemporaneidade. O episódio partilhado traz Paul Beatriz Preciado que narra as suas experiências de vida, assim como reflete  as suas aventuras intelectuais junto a Teoria Queer, as práticas de ficções (de si, de gênero, dos desejos e dos corpos) como atividade política libertária das subjetivações. Este episódio foi produzido e dirigido por Luis Carrizo e sua exibição ocorreu no mês de Julho de 2013.

*Imagem-movimento projetada em língua espanhola.

Ver o post original

Anúncios

1985 – MICROFÍSICA DOS PODERES E MICROPOLÍTICA DOS DESEJOS – Félix Guattari

outubro 31, 2015

Fonte: 1985 – MICROFÍSICA DOS PODERES E MICROPOLÍTICA DOS DESEJOS – Félix Guattari

SOBRE EL AGOTAMIENTO DEL PROGRESISMO: EL CASO DE ECUADOR. Por Pablo Ospina Peralta, Mónica Mancero, Cristina Burneo Salazar, Juan Cuvi

outubro 31, 2015

18 de Octubre 2015

Decía Séneca* que la sabiduría es la única posesión que no disminuye sino que crece cuanto más se la usa. La demagogia opera precisamente a la inversa: se deteriora mientras más se la usa. La respuesta de Guillaume Long a un artículo de Immanuel Wallerstein recientemente publicado ilustra el deterioro. De izquierda va quedando únicamente la publicidad. Más que un viraje a la derecha del régimen, como señala Wallerstein, asistimos a un destape.

En su artículo, Wallerstein argumenta:

“Los entusiasmos colectivos iniciales pronto empezaron a desaparecer en múltiples frentes. Las clases medias no sólo se veían perturbadas por la rampante corrupción de los gobiernos de izquierda, sino también por las maneras cada vez más severas en que estos gobiernos trataban a las fuerzas de oposición”.

Entre 2009 y 2013 se abrieron entre 300 y 400 juicios por año por delitos contra la seguridad del…

Ver o post original 1.027 mais palavras

SIMONE DE BEAUVOIR – “Uma mulher atual!” [DOCUMENTÁRIO COMPLETO + DOWNLOAD DO EBOOK “O 2º SEXO”]

outubro 29, 2015

A CASA DE VIDRO

[DOCUMENTÁRIO]
Simone de Beauvoir – “Uma mulher atual / Une femme actuelle”

(legendas em português)
Reblogado do Filosofia em Vídeo.com.br

“Simone de Beauvoir nasceu em Paris, em 1908. Formou-se em filosofia, em 1929, com uma tese sobre Leibniz. É nessa época que conhece o filósofo Jean-Paul Sartre, que seria o seu companheiro de toda a vida.Escritora e feminista, Simone de Beauvoir fez parte de um grupo de filósofos-escritores associados ao existencialismo, um movimento que teria uma enorme influência na cultura europeia do século XX, com repercussões no mundo inteiro.”

* * * * *

SIGA VIAGEM:

Simone De Beauvoir

Simone B

SIMONE DE BEAUVOIR, “O SEGUNDO SEXO”
(Rio De Janeiro, Nova Fronteira, 2014)
DOWLOAD EBOOK DOS 2 VOLUMES NA ÍNTEGRA (8 MB)

Ver o post original

Licitação dos ônibus: por que ignoram o interesse público?

outubro 29, 2015

licitacao onibus Foto: Finasal /Wikimedia Commons

Por Marcia Gregori* e Rafael Drummond**

O transporte coletivo de ônibus é responsável pela mobilidade de cerca de 6 milhões de passageiros diariamente em São Paulo, o metrô responde por mais cerca de 2 milhões. O edital de licitação da concessão dos ônibus, que terminou em 2013 após 10 anos, foi lançado no dia 25 de outubro e apresenta questões complicadas para o interesse público e já apontadas por vários coletivos antes mesmo do seu anúncio. No entanto, a mídia, o Ministério Público e a Prefeitura parecem preferir abordar assuntos que, embora tenham sua importância na discussão sobre a mobilidade na cidade, não são estruturais nem respondem por números e cifras tão elevados quanto o sistema de ônibus.

A Prefeitura, por um lado, mais confunde do que esclarece. Lança notas pouco claras a respeito da remuneração dos ônibus, do índice de qualidade e da produtividade…

Ver o post original 1.443 mais palavras

Agamben: A democracia é um conceito ambíguo

outubro 7, 2015

Blog da Boitempo

14.07.03_Giorgio Agamben_A democracia é um conceito ambíguoEntrevista especial com Giorgio Agamben.

APRESENTAÇÃO

O que é a política? É isso que, com um olhar otimista, Agamben sugere perguntar na entrevista grega que apresentamos, antecedendo as eleições para o parlamento europeu (22-25 de maio de 2014), nas quais o radical grego Tsipras será o candidato da esquerda. As questões sobre as quais o filósofo nos convida a refletir são muitas. O fio condutor pode ser identificado como abordagem dos dispositivos que, mesmo sujeitando a matéria biológica, investem nossa capacidade de ativar processos de subjetivação que, no caso, apresentam resistências. A crise que estamos vivendo pode tornar-se, então, busca de novas formas. Estas não são nem jurídicas, nem morais, mas, acima de tudo, políticas. Na esteira do melhor ensinamento foucaultiano, mais do que um gesto de libertação, temos de construir uma prática da liberdade, não um outro existencialismo, mas uma ética de si não reduzida à individualidade.

Ver o post original 3.849 mais palavras