Mais Marx, menos Mises: a previsibilidade por trás da queda imprevisível dos mercados

Brasil em 5

Por Edemilson Paraná

Poucas coisas misturam de modo mais intrigante caos e determinação como os mercados financeiros. Se é quase impossível prever quando vem o próximo tsunami, é praticamente um consenso (não importa a matriz de pensamento) que ele inescapavelmente virá de tempos em tempos. O jogo dá-se, portanto, entre aqueles que acertam e erram em suas apostas a respeito. O que alguns chamam de “comportamento dos atores” outros definem como “lógica intrínseca ao sistema”. É o que parece estar acontecendo hoje em mais uma dentre as várias “black mondays” que vimos ao longo da história (lembremos que os mercados dormem em pânico desde a última sexta-feira): uma previsível queda imprevisível.

A despeito de suas consequências afetarem o destino de bilhões de pessoas, sabemos que esse jogo é realmente jogado por um grupo pequeno de atores – o que não quer dizer que o clubinho esteja completamente imune…

Ver o post original 636 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: