Edilia, ou “faça disso o que quiser” – David Harvey

Territórios de Filosofia

Edilia, ou “faça disso o que quiser”.

David Harvey.*

Em algum momento do ano de 1888, Ebenezer Howard leu o romance utópico recém-publicado de Edward Bellamy, Looking Backward [Olhando para trás). Ele o fez de uma sentada, e viu-se. “deveras transportado” pela obra. Na manhã seguinte,

dirigi-me a algumas das partes de Londres em que se amontoava um maior número de pessoas, e, ao percorrer as estreitas ruas escuras, vi as lamentáveis habitações em que viviam a maioria das pessoas, observei por toda parte as manifestações de uma ordem da sociedade que só busca beneficiar a si mesma e refleti acerca da absoluta precariedade de nosso sistema econômico, sobrevindo-me urna sensação avassaladora da natureza temporária de tudo quanto via, e de sua completa impropriedade para a vida produtiva da nova ordem – a ordem da justiça, da unida­de e da amizade.

Howard fundiu os dois scnti111cntos. Ele se…

Ver o post original 12.104 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: